Retiro de Escrita

Home»Events»Retiro de Escrita
Retiro de Escrita

Em Junho de 2016, Ana Teresa Silva organizou e facilitou um Retiro de Escrita em Castelo de Bode.

Testemunhos:

Arthur Vasconcelos, Consultor

Ingredientes para uma oficina de escrita com sucesso: um local aprazível, um grupo de pessoas motivadas, uma facilitadora desafiante e flexível, e um desejo avassalador de escrever. Tudo isto se conjugou na Casa da Ilha em Castelo de Bode. A facilitação da Ana Teresa Silva foi magistral, sem pressa e com determinação. Sem se eximir de responder aos seus próprios desafios de escrita, com ambição e programa bem definido, atenta e exigente sem ser directiva, fluindo em sincronismo com a evolução du grupo. E que belo grupo de pessoas apaixonadas pela escrita, pela vida, com estilos bem diferentes e prontas a partilhar o que escreviam, sem vedetismos, com abertura. Gostei e recomendo.
 
13553181_1582272785399199_694177565_n
 
Marta Brites, professora

Gostei de tudo. Dos desafios propostos. Do ritmo livre e criativo. Dos olhares que abraçavam. Do modo como tudo aconteceu. Do Que Aprendi! Do que aprendi! No final, senti que os meus textos foram mais um verso no poema magnífico que escrevemos juntos!
 
tumblr_ob954ua9DJ1qzrx27o5_500
 
Andrea Rocha, socióloga

O retiro trouxe-me a escrita: colocou-me, novamente, no seu caminho. Iniciou e potencializou a desconstrução do meu preconceito de que para escrever é necessário reunir uma conjuntura ideal… O acto de escrever descomplicou-se e, agora, inscreve-se no meu quotidiano. Os exercícios propostos, assim como o feedback após a sua leitura, permitiram-me tomar consciência das potencialidades e limites actuais da minha escrita. Só assim é possível trabalhá-la e capacitá-la cada vez mais, recorrendo ao manancial de ferramentas fornecido pela facilitadora Ana Teresa Silva. O enunciado de cada exercício foi sempre uma porta aberta para a criatividade: orientava-nos para zonas com diferentes graus de (des)conforto. Para apoiar o borbulhar da criatividade, tenho que salientar o local mágico onde tudo decorreu.
 
tumblr_ob954ua9DJ1qzrx27o6_500
 
Elsa Carvalho, Diretora Recursos Humanos

O formato, regime residencial, revelou-se como uma mais valia, na medida em que permitiu uma imersão total e focalizada no objetivo: escrever; o numero e diversidade dos participantes relevou-se o adequado à partilha e simultaneamente a oportunidade de poder ir apreciando o que cada um individualmente escrevia; o ambiente mais inspirador e em contato com agua e natureza permitiu uma abstração e a absorção de alguns elementos do meio circundante no processo criativo; por fim, a forma sábia de condução da ação (com agenda flexível) permitiu uma condução pelos temas com a profundidade adequada aos mesmos.
 
tumblr_ob954ua9DJ1qzrx27o1_500
 
Nuno Simões, Diretor Financeiro

Quero agradecer-te, Ana Teresa, pela forma como facilitaste este curso. Ao grupo pelos momentos de partilha durante os três dias. Gostei, particularmente, da vertente prática, onde nos foram apresentados diversos exercícios e métodos que permitiram a busca do imaginário pessoal, da elasticidade verbal e ousadia criativa. A apresentação de “jogos” para desbloquear a singularidade de cada um, a criação de cenários, situações, personagens são ferramentas que, claramente, ajudaram a ultrapassar o síndroma da folha em branco. Grato pela experiência.
 
tumblr_ob954ua9DJ1qzrx27o2_500
 
Ana Pracaschandra, jornalista

Um reconectar comigo mesma, um abandonar de julgamentos, entraves e bloqueios. Comparo este retiro com a Ana Teresa Silva, a uma viagem de descoberta pelos contornos da nossa essência criativa e intuitiva. Através de desafios minuciosamente entrelaçados, que decorreram ao longo de dois dias e meio, viajei por emoções, aromas, sentires e recordações que se desenlaçaram em textos corridos, desbloqueados e isentos de receios ou julgamentos. Sentir o poder da ressonância na escrita, foi um grande passo para continuar a querer escrever mais e melhor. Ana Teresa facilitou-me esse processo. Muito grata.
 
tumblr_inline_ob939lb80r1qzrhts_500
 
Cristina Rogado, antropóloga

(Con)Viveu-se um retiro muito especial, onde os amantes da escrita, amadores ou profissionais, se reuniram, em torno e na senda, de novas interpretações e partilhas literárias. Assistiu-se a uma dinâmica fluída e complementar, com desafios específicos que fomentaram o sair do Eu/Ego, o abdicar da zona de conforto e o incorporar do Outro, entrando na sua pele. Os brainstormings despoletaram distintas nuances de criatividade que, por sua vez, conduziram os intervenientes, por caminhos e viagens, por vezes, surreais, loucas e deveras produtivas. Tratou-se de um processo de Auto-descoberta literária através do Outro.
 
tumblr_ob954ua9DJ1qzrx27o7_500
 
Diogo Costa, Guia Turistico

O que se pode dizer deste retiro organizado pela Ana Teresa? Não sei. Foi tudo tão perfeito. Tão bonito…